Entrelinhas

"Dorme. O sono também salva, ou adia."

Reblogged from antipoetico

Caio Fernando Abreu  (via antipoetico)

(Fonte: cfabreu)

"Todos tem uma escuridão dentro de si. Nem todos são brincalhões o tempo todo, nem todos conseguem rir das piadas o dia todo, ninguém consegue mentir dizendo que está bem por muito tempo. Uma hora essa escuridão decide sair e é difícil esconde-la outra vez. Então, fiz da minha amarga tristeza, uma doce melodia."

Reblogged from expurgar

A Teoria do Caos.  (via expurgar)

"Eu vejo que você está triste, até quando sorri."

Reblogged from orquestre

Eminem (via orquestre)

"Quando digo que sou, de alguma forma eu o faço para dizer também o que não sou. O não ser está no avesso do ser, assim como o tecido só é tecido porque há um avesso que o nega, não sendo outro, mas complementando-o. O que não sou também é uma forma de ser. Eu sou eu e meus avessos."

"— Esse é o problema da dor — Augustos disse, e aí olhou pra mim. — Ela precisa ser sentida."

Reblogged from psicologica

A Culpa é das Estrelas   (via psicologica)

(Fonte: suuicideseason)

"Sinto saudades de amigos que nunca mais vi, de pessoas com quem não mais falei ou cruzei. Sinto saudades de quem me deixou e de quem eu deixei! De quem disse que viria e nem apareceu, de quem apareceu correndo, sem me conhecer direito, de quem nunca vou ter a oportunidade de conhecer. Sinto saudades dos que se foram e de quem não me despedi direito. Sinto saudades de coisas que nem sei se existiram."

Reblogged from inverbos

Martha Medeiros.   (via inverbos)

(Fonte: entreversos)

"Só não me chame de fraca. Você não imagina quantas vezes pedi para parar de chorar, e tive que sair por aí com um sorriso que não era meu."

Reblogged from poetaciumenta

A Orfã.     (via antipoetico)

(Fonte: auroriar)

"Eu me entrego. Quem vive comigo sabe. Quem convive comigo sente. Eu amo poucos. Mas esses poucos, pode apostar, amo muito."

Reblogged from poetaciumenta

Clarissa Corrêa.   (via romanteios)

(Fonte: alentador)

"Eu quero desaprender para aprender de novo. Raspar as tintas com que me pintaram. Desencaixotar emoções, recuperar sentidos."

Reblogged from poetaciumenta

Rubem Alves  (via quoteiros)

"O vento só leva o que a gente deixa solto."

Reblogged from poetaciumenta

Sr. Palmares. (via evidencias)

(Fonte: doarei-me)